quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

PERVERTIDAMENTE





Passo a mão pelas minhas coxas,
 E ofereço minha calda em ponto de pecado
Amamento teu cio onde há pouco brincava tua fantasia
E vejo o brilho do meu desejo refletido no teu infante olhar
Provoco-te desinibida e indecente
Dona e juíza da minha vontade
Conduzo tua volúpia pra dentro da minha pervertida lascívia,
na contração do meu prazer despudorado
Permissiva, sedutora, provocante e exposta,
Atiço com os dedos o túmido ponto,
 que encharcado ofereço ao teu ímprobo querer,
Impudica, impura, entregue,
Assisto ao duro e reluzente cabecear da sua íntima e nervosa pulsação...

Vera Celms
Licença Creative Commons
PERVERTIDAMENTE de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.



sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

EXCITADOS





Ainda ontem esteve em mim
Olhar, toque, sedução,
Puxei-o pra dentro numa contração excitada
E minha salivação intima, o levou até o fundo
Posso ainda sentir o remeleixo voluptuoso
O nervoso olhar interessado
O movimento safado de quadris
As inquietas indecentes mãos, incitando, excitando,
Os dedos intrometidos e peritos,
ligeiros exploram todos os espaços
Tua boca lambe e bebe no meu cálice
Permito-me macia sob tua dura presença
Pelos teus agora tão meus, brilham extasiados
Movo-me lentamente, mudo as pernas sentindo as suas,
Roço os mamilos na tua imaginação pontiaguda,
Encharco-me de ti, em todos os fluidos teus,
Banho-me, empano-me no teu despudor,
Lanço-me e voo pra dentro da tua liberdade, solta, leve,
Bolinando teu pensamento,
Roçando tua ereção
E de novo, numa contração excitada,
puxo-te pra dentro de mim,
quente, inchada, encharcada, e feliz...

Vera Celms
Licença Creative Commons
EXCITADOS de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.