domingo, 28 de setembro de 2014

REFLEXÃO EXCITADA





Sei que nua, não devo me expor nas varandas
Não que seja pudica, mas madura,
Trago no corpo, as curvas de todo tempo,
dobradas como  esquinas,
Não devo expor ao mundo, os quilos de experiências,
O peso das remoendas passadas,
A envergadura das dores tantas,
Mas, o que fazer, se é de fogo que sou feita?
Se ardo sob as roupas,
Se lavas incandescentes, correm nas minhas veias,
E reflexos de todas as luzes, trago nos olhos:
das janelas abertas, da lua, dos palcos imaginados,
e também de todas as varandas...
Concordo, não me exporei nas varandas,
Mas, posarei excitada, nua na noite insone,
Sobre lençóis de cetim,
Diante de cortinas escancaradas,
Torcendo, rezando para ser capturada,
por voyeur solitário,
tarado ordinário,
Podendo sentir o cheiro enjaulado,
Na distancia, trazido pelo vento,
que teima em brincar no vão de minhas pernas,
misturando ambos os cheiros, numa cópula bestial...

Vera Celms
Licença Creative Commons
REFLEXÃO EXCITADA de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

6 comentários:

  1. Poetisa, ao expor um pouco da sua alma, capturou a minha. Nada mais feminina que a atitude de assumir o corpo maduro, mulher madura me encanta, a nudez reveladora, o desejo de ser observada por anonimos! Adorei a poesia, parabens, quisera compor um pouco melhor para retribuir! Bjo

    ResponderExcluir
  2. A madurez é a idade mais plena do ser humano. Donos de nossas vontades e conhecedores de nossos desejos, temos a capacidade de oferecer e receber o melhor de nós. Não diria a observação por anônimos, mas pelo acaso, até pela fantasia da possibilidade. Obrigada pela visita, pelo comentário e pela atenção. Beijo carinhoso...

    ResponderExcluir
  3. Estou entre o torpor do vinho, a música de seu blog, a extensão de seu corpo e a plenitude de seus desejos.
    Quem sou ?
    Sou aquele que vagueia em seus pensamentos mais secretos, seus desejos incontidos e nunca revelados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Continuará sendo um anônimo, secreto, oculto, disfarçado? não posso garantir se não estarei sonhando com o "aquele" indevido... afinal, o anonimato, tem seu preço... obrigada pela visita, volte sempre... volte mais... beijo carinhoso...

      Excluir