domingo, 7 de setembro de 2014

PRA CIMA, PRA DENTRO, PRA SEMPRE





Gosto de provocar sensações nervosas,
Impregnando meu cheiro em você,
Deixando sua pele, seus pelos brilhantes,
Fazendo você notar minha umidez
Roçando em você, o inchaço do meu desejo,
Empresta-me tua mão,
Mede em mim, sobre a roupa,
a extensão do teu sexo no meu, e fica...
Sente em mim, o espasmo do prazer provocado
pela surpresa do teu toque...
Espia o vão de minhas pernas,
entreabertas só pra você, 
por pura distração...
Apalpa-me, intromete tua curiosidade sem aviso,
Deixa-me notar tua disposição no fixo olhar malicioso
Esfrega-me tua falta de pudor,
Vigia meus brinquedos,
Fareja meu cio,
Degusta-me, no toque labial dos dedos,
Passeando por meus recantos excitados,
Guarda o cheiro da minha provocação,
Dançarei minha libido,
Agitarei minha lascívia,
Desfilarei pulsando aos teus olhos
Desejando você,
Na minha vida, na minha cama, nas minhas coxas,
Trafega meus inundados caminhos, escorrega,
Pra cima, pra dentro, pra sempre...

Vera CelmsLicença Creative Commons
PRA CIMA, PRA DENTRO, PRA SEMPRE de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

2 comentários:

  1. Degusta-me...
    Para cima
    Para dentro
    Para sempre...

    Excitante... perfeito...

    Beijinhos poéticos da leoa...
    =';'=

    ResponderExcluir
  2. Querida Leoa, obrigada pelo carinho e atenção de sempre... sempre um prazer renovado, ter vc aqui... beijos poéticos de VC... venha mais, venha sempre!!!

    ResponderExcluir