domingo, 31 de agosto de 2014

AINDA QUE





Conversa comigo,
Conta pra mim, o que te toca,
O que mexe com tua libido,
sabendo mexer com a minha,
O que faz o fio descascar
Curto circuitos a dois são bem-vindos,
Imposto, é agressão,
Entre outros assuntos,
peça a peça, a nudez aparece, e convence,
Imposta, no repente, provoca estupefação,
Algo entre susto e flagrante,
Como pegar-se nua em praça publica,
Cobriria partes pudentas, olhos,
Me esconderia como pudesse,
Fugiria do “tarado”, solapado no vão do portão,
Ainda que, depois de sozinha, segura,
Me acabasse, só de lembrar!!!

Vera Celms
Licença Creative Commons
AINDA QUE de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

2 comentários:

  1. Perfeito! Da insegurança da exposição não consentida, indo direto para a segurança da memória! Gostei.

    ResponderExcluir
  2. Pois é, NUDEZ IMPOSTA, É AGRESSÃO... fora da intimidade conquistada, é imposição... ou susto, ou flagrante...
    Por mais que encaremos a nudez com naturalidade..... beijos de VC... obrigada, pela atenção...

    ResponderExcluir