segunda-feira, 7 de julho de 2014

VARANDO A NOITE





E cá estamos nós,
Imaginando delírios,
Flanando,
Anjos distraídos,
Procurando a quem flechar,
Miro no seu peito,
Você, perde-se no meu,
Palavras carregadas de prazeres sem freios,
Tênue linha, entre a loucura e o abismo
Entre a entrega e a perdição,
Cios humanos não mentem
Delatam-se pelos olhos, pela salivação,
Pele arrepiada, mãos enlouquecidas,
Pernas entrelaçadas,
A noite toda, cruzamos, em pleno cio,
Dou-te um segredo a desvendar,
Dá-te-me um intenso imenso palpitar,
Esteja aqui, quando me entregar,
Estarei aqui, quando chegar,
Sonhando de verdade,
Tocando, aquecendo,
Pronta a oferecer-te,
O que de mais vivo há em mim
Pulso-te, completamente
Ainda que, só Deus saiba...

Vera Celms
Licença Creative Commons
VARANDO A NOITE de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário