segunda-feira, 26 de maio de 2014

COMO BRINQUEDOS





Observar você daqui,
Faz me pensar coisas,
De quando éramos crianças...
Sonhávamos com o futuro
Brincadeiras que me davam o seu toque,
E faziam a imaginação viajar,
De quando me entregava aos seus braços,
A volúpia dos seus abraços,
Era tão bom sonhar...
O corpo inflamava,
A vontade aumentava,
Sentia sua excitação a me cutucar,
Insistente, duro, inflexível,
Impossível não querer você,
Teria me dado mais,
Teria te provocado mais,
Se conhecesse melhor o prazer,
A loucura que é te querer,
Se não fosse tão criança,
Com medo de me perder,
Hoje ainda te quero,
Mais sábia, mais valente, mais ousada,
Cheia de pensamentos gostosos,
Como eram as brincadeiras,
Só que hoje, brincadeiras sérias !!!

Vera Celms
Licença Creative Commons
COMO BRINQUEDOS de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário