domingo, 30 de março de 2014

TRAVESSIA





Se me queres assim,
No meio da travessia,
Da noite, da madrugada,
Se me queres só pra acalmar desejos,
Conta-me tuas histórias,
Coloca-me em tuas fantasias,
Sonhe comigo,
Como eu sonho contigo...
Faça amor, faça coisas comigo,
Mas não me acorde,
Me deixa curtir,
Desde o arrepio na pele,
Até o espasmo mais sutil ...
Quero acordar com saudade
Quero desejar mais e mais,
Quero que me queira mais,
Quero ser tua em cada travessia,
Ainda que seja do sonho para a realidade,
Ainda que seja da fantasia para o gozo,
Quero que pense em mim, salivando de paixão,
E que me abrace, levitando de tesão...
Quero teu cheiro impregnado nos meus poros
E impregnada nos teus, fazer a saudade incomodar...

Vera Celms
Licença Creative Commons
TRAVESSIA de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário