domingo, 3 de novembro de 2013

UMA MULHER, DE OUTRA MULHER





Mulher,
Fase madura da lua
Fase dourada do sol
Entre os cabelos, aromas
De memórias vivas
De intenções fortes
Sonho que não acaba com o despertar
Vontade de ficar
Deitada em seu colo, mulher
Eternizar; momento, sonho e intenção,
Impossível não amar uma mulher
Que traz entre os seios células de sonho
E move-os ligeiros, fazendo-as espalhar, no ar...
Feminilidade transparente
Aderida a pele,
Como tatuagem da palavra coragem
Impossível não querer uma mulher,
Que transpira fluidos sensuais
Que molha os lábios, com saliva doce
E beija...
Que fita através de lágrimas emocionadas
E chora como quem executa uma alegro sonata
Impossível não admirar uma mulher
Amando,  uma outra mulher...

Vera Celms
Licença Creative Commons
O trabalho UMA MULHER, DE OUTRA MULHER de Vera Celms foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário