domingo, 4 de novembro de 2012

DESABAFO INTIMO





Mulheres, que perdem a ingenuidade,
e cultivam o viço,
que perdem a juventude
e mantém o tino,
que perdem a primavera,
com o outono sempre verdinho...
Transbordam hormônios, feromônios...
deixando no ar notas frescas, frutais,
Rastro floral a seguir
Salivantes lobos no cio da fêmea
Aos uivos inquietos
Sofrendo, procurando, perseguindo
Circulação apressada,
Respiração descompassada
Trilha aberta e disfarçada
Caminho para a realização
Entre o gozo e a razão
Um passo
Um toque e o momento será pra sempre história
A contar para a lua
Na rua
Coisa de amor, entrega,
Momento de amar

Vera Celms
Licença Creative Commons
O trabalho DESABAFO ÍNTIMO de Vera Celms foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário