domingo, 30 de setembro de 2012

FAZ COMIGO


Teu toque, tua mão
O esbarrão do acaso
Algo que não quero resistir
Quero me jogar
Me entregar
Quero gozar o momento
Quero ceder aos seus encantos
Quero estar com você
Sei que me quer
Posso ver, quero sentir
Não vou resistir
Na sua presença,
arde meu corpo
queima-me a imaginação
Inquieta e louca, de paixão
Tonta e cega, de tesão
Socorro ligeiro, com a mão
Tremo e estremeço, de emoção
Quero, quero tanto
O contato da sua excitação
Sentir a sua na minha pulsação
Invadir sua roupa sem hesitação
Me deixar levar, invadir
Pelo olhar, pela vontade e pela mão
Vasculha-me
Bolina-me
Apalpa-me,
Aperta-me
Faz do meu corpo sua distração
Do meu desejo sua diversão
Do meu interesse a sua atenção
E do meu gozo, a sua realização

Vera Celms

Licença Creative Commons
A obra FAZ COMIGO de Vera Celms foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário