domingo, 27 de maio de 2012

IMÃ NO IMÃ


Quero algo como o vento
Que me tire do trilho, do centro
Um furacão, ventania de tempestade
Que tonta, eu perca a seriedade
Um imã diante de um imã,
Que atraia, que puxe, me mova
Alguém que me faça respirar sem sentir
E levitar, e vibrar, e ansiar,
Alguém que distante esteja em mim
E junto, de tão junto adentre,
Quero um amor forte
Que me enlouqueça
Que de saudade eu estremeça
Alguém que faça eu me lançar
Querendo ficar, estar, abraçar,
Alguém que me encontre dentro de mim

Vera Celms
Licença Creative Commons
O trabalho IMÃ NO IMÃ de Vera Celms foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário