domingo, 14 de agosto de 2011

FUMAÇA DE CIGARRO

Atrás da fumaça do seu cigarro
Um mundo de [meu] encantamento
Como uma cortina transparente
Que deixa vazar a visão da silhueta desejada
Com ela brinca, fazendo bolhas
Bolas e aros que se desmancham
Como os sonhos que tenho acordada
Momento tão íntimo...
Entre você e a fumaça do seu cigarro,
Tratada como uma amiga brincalhona
Leve, constante e fugaz...
Depois do nosso amor,
É para ela que confidencia a satisfação
Vejo de longe, alheia a brincadeira
São momentos de eternidade
Cumplicidade inocente
Quase indolente
Pois enquanto ela sobe pelo seu olhar
E nos seus cabelos e pensamentos enrosca
Fico eu aqui, entretida, olhando contente
Como criança que se diverte,
olhando da janela, as outras a brincar...

Vera Celms

Licença Creative Commons
A obra FUMAÇA DE CIGARRO de Vera Celms foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.


Nenhum comentário:

Postar um comentário