domingo, 5 de junho de 2011

DIVAGANTE




Como tocar a imagem?

Aquela que vejo com olhos semi-cerrados

Aquela que confundo

Entre a verdade e a imaginação

Aquela que meu desejo cria

Que faz meu corpo saliente

Inflamado, ensandecido e quente

Interessado e demente

Se esta imagem que vejo em sonhos

Freqüenta também meus delírios

Se é que transita nos dois mundos

Se sou eu um louco divagante

Minha excitação é contente

Quero então em sonhos te provocar

E desperto enlouquecer-te, pra sempre...

Vera Celms

Licença Creative Commons
A obra DIVAGANTE de Vera Celms foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário