domingo, 24 de abril de 2011

MAMILOS




Doce toque,
Que sem intenção se faz presente
Ela passou simplesmente
E eu senti o contato rápido
Do mamilo eriçado,
Talvez, nem sentisse tanto
se não tivesse visto antes
Mas, aqueles bicos olhavam pra mim
De longe, flertavam inconscientes
E insistentes
Não me deixavam desviar o olhar
Eram dois pontos fixos
Que sobressaiam pela roupa
Me intrigando, me chamando
Era impossível não ver
Os montes que saltavam do decote
Levemente bronzeados
Em contraste com a renda branca
Que margeava seu lingerie
Foi tocando minha imaginação
Que crescia
Pouco a pouco
Como o volume já delator
Quando ela se levantou
E por trás de mim passou
Senti seu perfume tão fêmeo
Tomar meu desespero
O toque casual daqueles brinquedos
Deixou graduado o desejo
Por aqueles pequenos rochedos,
Revestidos de pele morena molhada
Nas minhas mãos
Abraçando meu rosto
Corado, safado e extasiado

Vera Celms

Licença Creative Commons
A obra MAMILOS de Vera Celms foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.

domingo, 10 de abril de 2011

PRONTA

Sentia-me tão viva

Inflamada, acesa

Um banho, cabelos molhados,

Perfumada, maquiada

Um salto e uma roupa provocante

Receita completa

Já podia me sentir feliz

O desejo na pele aflorado

Transparecia pelos olhos

O vestido sobre a pele

Nada mais

Rumo a rua, sentia o vento

Onde normalmente não sentia

Uma sensação tão diferente

Tão excitante,

Como se todos soubessem

Como se todos vissem

Inflamada, excitada e bela

A procura de um momento

De um movimento

Ou de um cavalheiro ousado


Vera Celms


Licença Creative Commons
A obra PRONTA de Vera Celms foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.

domingo, 3 de abril de 2011

FANTASIAR

Tomo tua mão

No meio da multidão

E te faço enlouquecer

Pousando-a no meu desejo

Sutilmente

No meio de toda gente

Encosto meu corpo no seu

Sussurro no seu ouvido

Coisas que só eu quero dizer

E só você vai poder ouvir

Intrometo, neste assunto,

Uma língua afiada e bem disposta

E espero a sua resposta

Que venha rápida e pronta

Pois tenho pra você, um momento singular

Que pode ser em qualquer lugar

Te conto um monte de pequenas historias

Muito boas e satisfatórias

E deixo você escolher

O que mais te der prazer

Pode ser no percurso

No transito, no acostamento

Pode ser a qualquer momento

Quando menos esperar

Pode ser no elevador

Ou em cima de um trator

Na varanda de um prédio

Não vai nem reclamar do assedio

Vai gostar, vai adorar

Vai viajar...

Vai ao céu, mas vai querer voltar

Porque tão cedo não vai acabar

Quando pensar que está acabando

Vou estar só começando

E não vai nunca mais querer parar

Vamos então fantasiar???

Gostoso...


Vera Celms

Licença Creative Commons
A obra FANTASIAR de Vera Celms foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.

ENCONTRO DE POETAS E AMIGOS - PRIMEIRO LUGAR NOS DESTAQUES DA SEMANA - TEMA; DESEJO (ERÓTICO)


Após ter sido agraciada com o primeiro lugar nos DESTAQUES DA SEMANA do ENCONTRO DE POETAS E AMIGOS (EPA) - tema: DESEJO (erótico), Maria Iraci Leal, me deu de presente a formatação de meu trabalho. Obrfigado amada MIL...