domingo, 3 de janeiro de 2010

CIO DA FÊMEA


Tive a visão,

Do desejo e do tesão,

Encarnação do prazer,

Do ócio, do vício, da lascívia,

Tive a visão de um anjo deturpado,

Enlouquecido e quente,

Como o gosto do meu prazer,

Ardido como o arrepio da minha pele,

E o rubor da minha face queimando,

Indisfarçável, inegável, indiscutível,

Meu desejo umedecendo meu prazer,

Queimando o vão da volúpia

Provocando o vulcão do desejo,

Erupção completa de um tesão completo,

Irrompível,

Irrecusável,

Enchendo minha boca de queimor,

De querer estar em você, contigo,

De sorver a sua volúpia pulsante,

Empetrecida,

Engrandecida,

Sabendo que toda ela,

Escalável e intocada,

Foi provocada pelo meu querer,

Absoluto, nato, puro,

Meu cio incontestável,

Minha fêmea excitada,

Querendo mais...


Vera Celms


2 comentários:

  1. Essa tua fêmea é linda. Toda gostosa. Abraços novos pra ti, Leoa.

    ResponderExcluir
  2. uh!!!
    a cadência do texto é excitante verinha!!!

    ResponderExcluir