domingo, 19 de julho de 2009

A PERFEIÇÃO DO IMPERFEITO


Jogo de sedução,

Magia crescente, efervescente, irresistível,

Quantas vezes em sonhos,

Formatando a fantasia,

Evoluindo em imagens, miragens,

Do pensamento, da pulsação,

Bocas, mãos, pernas e imaginação,

Sedução latente,

Corpos suados, colados,

Entregues numa só cadência...

Se busca perfeição na forma,

Talvez encontre a perfeição na essência...

No gesto, na intenção,

Na ousadia do seu toque,

Vai encontrar a realidade marcada,

E a experiência instalada.

Vem buscar no meu corpo o desejo,

Vem buscar em mim o toque,

A ousadia mais rasgada,

Vem buscar em mim a realização de cada plano,

O gesto de cada fantasia,

Os sinais todos abertos, e jamais explorados,

Do mais amplo e absoluto,

Jogo de sedução,

E que seja pra sempre na lembrança...

E quem sabe nunca mais...

Pois que a realização do sonho pode matar a magia...


Vera Celms